Caminho Francês de Santiago

O merecido descanso da guerreiraQuase um ano depois de ter feito o Caminho Português de Santiago, realizámos uma nova aventura por rotas jacobeias. Depois de uma preparação baseada em algumas horas de ginásio e uns passeios domingueiros de bicicleta, eu e o Nélson partimos para mais uma dura e longa viagem pelo Norte de Espanha. Desta vez escolhemos o Caminho Francês, que é também o mais célebre e mais frequentado. O planeamento antecipado deu-nos uma ideia das dificuldades por que passaríamos e também dos motivos de interesse de várias localidades no Caminho.

Caminho de SantiagoA aventura começou na Segunda-feira, dia 2 de Abril, com uma viagem de camião. Com a simpatia e boa vontade do Sr. Macedo e a colaboração do Serafim Costa, arranjámos uma forma muito eficaz e prática de realizar a viagem de ida. No entanto, o camião que nos levaria já estava muito cheio, o que nos obrigou a desmontar as bicicletas e acomodá-las em espaços muito exíguos. Depois de várias horas de viagem e de uma noite dormida no camião que seguia para Logronho, optámos por ficar em Burgos. Assim, a meio da tarde de Terça-feira, desembarcámos nos arredores de Burgos, onde iniciámos a grande aventura.

El CaminoNos dias seguintes, as dificuldades sucederam-se e foram sendo ultrapassadas, com maior ou menor custo. O cansaço também se ia acumulando com o decorrer dos quilómetros, mas a vontade de chegar e a proximidade de Santiago geravam forças e ânimo para completar a jornada. Na viagem em duas rodas entre Burgos e Santiago fomos confrontados com todo o tipo de relevo, desde as enormes planícies de Castela e Leão às grandes montanhas galegas, e ainda de variações bruscas no clima, onde tivémos chuva intensa, sol abrasador, ventos fortes e até queda de neve.

Chegada a SantiagoQuando se chega a Santiago já se sente alguma nostalgia e saudade das aventuras e peripécias do Caminho. O ambiente que se vive e que se partilha torna este percurso especial. Os peregrinos apresentam uma predisposição natural para o convívio saudável e para a entreajuda. "El Camino" cria um ambiente propício para a criação de novas amizades e também para o crescimento pessoal, pelo tipo de vivências que permite experimentar. Apesar da dureza e das dificuldades que tivémos de ultrapassar, já existem projectos para novos empreendimentos semelhantes a curto ou médio prazo. A todos aqueles que se envolvam numa aventura como esta: "Buen Camino".

{ Leave a Reply ? }

  1. Andrei

    Oii Mary! Tudo beem? Noossaaa, 5 hrs? Eu achei que terminando o hore1rio de vere3o diiinuirma 1 hr no fuso! Normalmente se3o quantas hrs de diferene7a, sem os hore1rios de vere3o? Estarei aed em junho, nessa e9poca como fica o fuso? Nossa Deus, como eu vou falar com a minha me3e!?! hahahahahaha Vou ter que virar uma coruja! rs BeeeeijO

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *